Ao longo dos anos, os internautas puderam usar diversas tecnologias para efetuar suas pesquisas na internet.

Entre as últimas tendências em SEO, encontramos a pesquisa por voz, democratizada pelos assistentes virtuais.

Prática e sinônimo de ganho de tempo para os usuários, ao que tudo indica, as pesquisas por voz serão a realidade quando pessoas fizerem suas pesquisas em busca de respostas.

Se está parecendo um pouco confuso, vamos explicar aqui tudo em detalhes e, principalmente, como essa ferramenta impacta na estratégia de SEO.

O que é pesquisa por voz?

A pesquisa por voz é um novo método de pesquisa, que surgiu com a Siri da Apple, mas hoje, outros aplicativos como o Google Assistente do Google, a Cortana da Microsoft e a Alexa da Amazon já utilizam também pesquisas por voz.

Ou seja, ao invés do usuário digitar o que procura, basta fazer uma pergunta, como se estivesse perguntando para uma pessoa.

Vamos supor que você queira uma informação sobre o trãnsito. Através da fala, o seu smartphone capta as palavras que você disse e as direciona para o buscador. E assim, a pesquisa por áudio é feita sem a necessidade de digitar uma palavra sequer.

O reconhecimento por voz, ou mais precisamente o reconhecimento automático da palavra, é uma tecnologia presente na maioria dos smartphones.

Basta formular a pesquisa com sua voz e você obtém a resposta através da voz também.

Pesquisa por voz - pessoa fazendo busca por meio da voz

Por que a pesquisa por voz é tão popular?

Essa tendência pode ser explicada por alguns fatores:

Em primeiro lugar, a pesquisa com a voz é cerca de 3,8 vezes mais rápida que quando digitamos em um teclado.

Logo, pesquisa mais rápida, respostas mais rápidas.

Em segundo lugar, a voz é o meio perfeito para a pesquisa em dispositivos móveis. Na verdade, praticamente 60% das pessoas que fazem pesquisas em seus telefones utilizam a pesquisa vocal.

Resumindo, a pesquisa por voz já é uma tendência e afeta diretamente o SEO.

Como a pesquisa de voz ajuda na estratégia de marketing digital de uma empresa?

Por que integrar a pesquisa por voz na estratégia de marketing digital de uma empresa? Aumentar as vendas, o engajamento dos clientes, melhorar a visibilidade da sua marca ou fidelizar seus clientes?

Primeiramente, o Google declarou recentemente que 39% das pessoas que possuem um telefone com ativação de voz desejam que as marcas lhes deem a possibilidade de encontrar informações como endereço, horário de abertura…

O que esses dados significam?

Mesmo se sua utilização ainda não seja completamente integrada no comportamento dos consumidores, ativar pesquisa por voz constitui uma oportunidade para as empresas sairem na frente dos seus concorrentes.

Na verdade, uma marca que otimiza sua presença na internet para a pesquisa por voz aparece nos resultados quando uma pessoa utiliza a Siri ou o Google Voice, por exemplo, para buscar seus produtos e serviços.

Além disso, hoje em dia, mais e mais pessoas fazem suas pesquisas por comando de voz para encontrar empresas próximas, uma oportunidade que todo tipo de negócio deveria implementar para alcançar novos clientes e aumentar suas vendas.

Portanto, é o momento para as empresas otimizarem suas interfaces, suas plataformas e seus sites para seguir a evolução digital com a pesquisa através da voz.

Pesquisaa por voz - pessoa pesquisando por voz

Qual o impacto da pesquisa por voz na estratégia de SEO?

Hoje em dia, as pessoas estão utilizando cada vez mais pesquisa por voz, o que está impactando diretamente as estratégias de SEO.

Confira, a seguir, quais são as mudanças para melhorar o seu SEO:

Assim como o SEO tradicional, você deverá classificar as palavras-chave na configuração de voz da sua pesquisa. Essas palavras contêm três ou mais palavras.

Quando os usuários efetuam essas pesquisas, fazem pesquisas específicas. Querem encontrar os produtos, serviços ou informações que correspondem melhor às suas necessidades.

Por exemplo, digamos que alguém busque por uma capa de chuva para mulheres. Quando a pessoa faz a pesquisa vocal, ela pergunta: “Onde posso encontrar uma capa de chuva para mulheres?”

Se você vende capas de chuva para mulheres, você quer que seus produtos apareçam nos resultados de pesquisa por voz.

Para isso, você deve criar um conteúdo com base nas palavras-chave e nas expressões de cauda longa que as pessoas pesquisam.

Verifique também se a palavra-chave é voltada mais para uma “conversa”.

Grande parte dos profissionais de marketing evitam completamente as palavras-chave muito longas. Por que?

Simplesmente porque poucas pessoas as pesquisam.

Mas como mais em mais pessoas realizam suas pesquisas com sua voz, é normal as palavras-chave serem mais longas.

Não precisa ter medo em otimizar seu conteúdo com expressões com mais de 5 palavras.

No entanto, isso não significa que você deve otimizar uma página inteira com palavras-chave longas. Em vez disso, você deve dosar essas palavras-chave nos seus diferentes conteúdos.

Os usuários fazem pesquisas por voz para encontrar a informação e você deve fornecer um conteúdo que responda às suas questões.

Criar um conteúdo que responda às dúvidas mais frequentes é uma excelente maneira de fornecer ao seu público as informações que precisam.

As páginas de FAQ (“perguntas frequentes”) são perfeitas para a pesquisa por voz. Por que?

Porque as palavras-chave em forma de perguntas são mais e mais utilizadas e porque o Google usa as respostas dadas em menos de 30 palavras.

Quando as pessoas fazem pesquisas por voz, elas utilizam palavras e expressões diferentes que usam para fazer as pesquisas tradicionais.

Antes de tudo, você deve otimizar pensando nas diferentes formas de falar e expressões para a estrutura da pergunta. Quando fazem pesquisas verbais, geralmente formulam as frases de forma diferente das pesquisas convencionais e em forma de pergunta.

O Google tem uma tendência a responder às pesquisas por voz com resultados curtos de 29 palavras.

É por isso que é importante que seu conteúdo responda à pesquisa de alguém com 30 palavras ou menos.

Pense em incluir palavras de ligação no seu conteúdo, pois permitem ao Google compreender melhor o conteúdo.

Essas palavras têm uma importância particular porque são um vetor de sentido.

Ou seja, permitem dar um contexto, e o Google as utiliza para facilitar esse contexto e tornar as respostas mais pertinentes fornecidas aos internautas.

A rapidez de carregamento em um resultado de pesquisa por voz é 3,8 vezes mais rápida que a média da velocidade dos resultados vindos dos sites.

Em todo caso, você deve ter um site que carrega rapidamente para ser bem posicionado.

Você já deve ter ouvido falar que a quantidade média de palavras de um resultado da primeira página do Google é de 1900 palavras.

Mas o que você não sabe é que algumas páginas de resultados de pesquisa vocal têm uma tendência a ser ainda mais longas, 2300 palavras.

Isso não quer dizer que para ser bem posicionado nos resultados por “voz” do Google, você precisa ter um conteúdo longo.

No entanto, uma página com muito conteúdo tem mais chance de “corresponder” a uma pesquisa de busca por voz

Portanto, agora você pode colocar tudo isso em prática para melhorar seu SEO para as pesquisas por voz antes que seus concorrentes o façam!

Aproveite também e leia nossos artigos do blog, o último conteúdo publicado foi sobre: Cadastro no Google Meu Negócio: como destacar sua empresa, ele vai te ajudar nas estratégias de marketing digital da sua empresa.


PARCEIROS DIGITAL

ORÇAMENTO